JVF Empreendimentos Imobiliários

Blog

Vislumbres do pós-pandemia para o mercado imobiliário | Jornal A Tarde

Mercado imobiliário pós pandemia
Compartilhe

O mercado imobiliário não passou ileso diante dos desafios impostos pela pandemia de Covid-19 em 2020, forçando toda a cadeia produtiva a se adaptar diante deste cenário adverso.  Apesar disto, alguns sinais reforçam uma boa expectativa de reação do mercado neste novo ano.

Esse foi o tema do artigo publicado de Juliana Oliveira, diretora da JVF Empreendimentos, publicado no jornal A Tarde.

Confira o artigo completo.

—————————————

 

Deixamos para trás um 2020 de imprevistos e dificuldades e começamos um novo ano com muitas esperanças e indicativos de um cenário mais positivo para a economia neste novo ano. No tocante ao mercado imobiliário, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) estimou que o Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil deve avançar, e pode ter um crescimento de 4%.

Este é um bom indicativo, pois, se confirmado, esta será a maior alta em oito anos. A verdade é que, ainda em 2020, o mercado imobiliário reagiu, em função de um cenário que, apesar das dificuldades, ganhou alguns elementos que tornaram o momento oportuno para a compra de imóveis.

A queda da taxa de juros em 2020 é um fator que beneficia quem busca financiamento, e essa modalidade representa um montante muito alto das negociações imobiliárias no Brasil. Com juros menores, o comprador paga menos pelo valor total do financiamento e pode conseguir parcelas menores.

Além disso, os bancos privados entraram fortemente no mercado com ofertas de financiamentos imobiliários. Historicamente, os bancos públicos, em especial a Caixa Econômica, tinham as melhores condições, mas com juros reduzidos, as ofertas de outras instituições bancárias foram ampliadas e isso também dá mais opções ao consumidor.

 

Juliana Oliveira, diretora da JVF Empreendimentos

 

Para se destacar em um mercado competitivo e que lida com um produto que é um projeto de melhoria de vida, pois comprar um imóvel não é um passo qualquer, adaptação e criatividade são fatores fundamentais. Uma das tendências que a pandemia antecipou é a venda online. Conduto, muitos ainda se perguntam se, no caso de um imóvel, é possível fazer uma compra online satisfatória. A resposta que dou para essa pergunta é que é preciso ter recursos para isso, e não cansar de desenvolver novos.

Para fazer a primeira venda 100% online durante a pandemia na JVF, foi preciso disponibilizar elementos como atendimento digital com o corretor, visita virtual aos empreendimentos, além de digitalizar todo processo de envio e aprovação de documentação. O ano passado, nos provou que isso é possível e transformou o possível em tendência.

Na intensificação de vendas, duas palavras que se tornaram comuns nos meios digitais devem ser cada vez mais importantes: influência e relacionamento. Influenciar pessoas é um fenômeno que não acontece apenas no online. Os clientes satisfeitos influenciam seus amigos, seus vizinhos, familiares e colegas, e é preciso ter isso em mente em todas as ações desde a entrega da obra até o pós-venda.

Estar atento às mudanças e, sobretudo, disposto a mudar e se relacionar de forma verdadeira, ouvindo e considerando o outro, aparentemente são os requisitos mais importantes para se manter vivo no mercado e no mundo no aguardado pós-pandemia.

 

Artigo Juliana Oliveira no Jornal A Tarde

Artigo publicado no Jornal A Tarde (BA) no dia 13 de janeiro de 2021.

Leia também: Relacionamento e Criatividade resultam em boas vendas

Deixe uma resposta