JVF Empreendimentos Imobiliários

Blog

Caem os Juros no Financiamento Imobiliário da Caixa: Saiba como Aproveitar

financiamento imobiliario caixa familia
Compartilhe
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Caixa Econômica Federal facilitou bastante as condições de financiamento de imóveis, pois reduziu as taxas de juros do crédito imobiliário e também realizou o aumento do percentual do financiamento de um imóvel. Graças às condições mais favoráveis, a Caixa garante que a economia pode ser de mais de R$100 mil, de acordo com faixa de preço do imóvel em questão.

As projeções são animadoras para quem está buscando um financiamento imobiliário na Caixa. Para um imóvel no valor de R$ 300 mil, com 30 anos para pagamento, por exemplo, a economia será de aproximadamente de R$50 mil com as novas taxas praticadas. Já os proprietários de imóveis que estão na faixa de R$450 mil, que estão com 30 anos de financiamento, pode economizar R$75 mil. Falando sobre os imóveis com valor superior ou igual a R$ 800 mil, a economia será de aproximadamente de R$135 mil, trazendo novos ares para os compradores.

A redução das taxas mínimas foi de 1,25% ao ano, passando de 10,25% para 9%, no caso do SFH – Sistema Financeiro de Habitação. A única exceção está para os imóveis em MG que possuem valor até R$950 mil, que tiveram o mesmo percentual de redução, passando de 11% a 10,25%. Saiba mais sobre as modalidades de financiamento a seguir, bem como dicas fundamentais antes de contratar o seu.

Quais são as principais Modalidades do Financiamento Imobiliário Caixa

SFH (Sistema Financeiro da Habitação)

O SFH – Sistema Financeiro de Habitação utiliza recursos que estão em contas poupança ou que são repassados pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS tanto no financiamento da aquisição quanto na construção de imóveis. É regulamentado pela lei nº 4.380, criada em 1964.

SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário)

Começou a vigorar em Nov/97, sendo regulamentado pela lei nº 9.514, e é responsável pelo financiamento imobiliário da Caixa que não está dentro dos parâmetros do SFH aqui no Brasil. Os recursos desse sistema vêm de investidores institucionais.

Carteira Hipotecária

Muito semelhante ao SFI, é uma modalidade que possibilita a obtenção de imóveis tanto comerciais quanto residenciais sendo novos ou usados, com o mesmo valor de financiamentos que são superiores ao máximo fixado pelo SFH.

Pró-cotista

As regras utilizadas no sistema Pró-Cotista são as mesmas que são utilizadas pelo SFH, porém apenas trabalhadores que são contribuintes do FGTS podem adquirir. Os recursos utilizados são apenas oriundos do FGTS, logo existe pendência da disponibilidade para realizar o empréstimo.

Minha Casa Minha Vida

Um programa criado pelo Governo Federal para ofertar condições mais atrativas para o financiamento de moradias em áreas urbanas para famílias que são consideradas de baixa renda.

Mudanças no Financiamento Imobiliário da Caixa

Devido a uma alteração significativa no cenário econômico do País, foi possível realizar algumas mudanças no sistema de amortização, com a Caixa assumindo os riscos inerentes. Foram diversas alterações, mas os principais destaques são:

  1. Aumento do percentual financiado: Os novos percentuais assumidos foram para 70% para imóveis usados e 80% para imóveis novos, sendo para imóveis no Sistema Financeiro de Habitação, melhorando as condições para a conquista do seu imóvel.
  2. Redução na taxa de juros: Houve uma redução nas taxas mínimas que eram praticadas, principalmente para quem faz um financiamento imobiliário caixa de 30 anos, pois a economia chega até R$100 mil. Os benefícios foram estendidos até a pessoa jurídica, com uma oferta de valores menores para adquirir seu imóvel próprio.

Como aproveitar: Dicas antes de contratar

  1. Planejamento financeiro para investir posteriormente: Dinheiro parado é igual à prejuízo. Logo, quando você faz uma economia para comprar o imóvel, o dinheiro precisa estar aplicado em um investimento rentável. Pesquise por aplicações que garanta uma boa taxa de juros.
  2. Organize toda a documentação necessária: Uma das etapas que possuem maior importância no financiamento imobiliário é a verificação de documentos, para que a compra possa ser realizada de forma segura para os compradores e para a instituição financeira. Logo, todos os documentos precisam estar organizados para que nada seja esquecido.
  3. Realize simulações de financiamentos: Para quem possui o sonho da casa própria, um simulador de financiamentos é de suma importância. Pois será a partir dele que você conseguirá decidir qual é o financiamento imobiliário caixa que é mais indicado para você.

Simular Financiamento de Imóvel: conheça a Calculadora de Financiamento da JVF

O simulador de financiamentos JVF permite que todos os custos do seu financiamento sejam demonstrados de maneira simples e de fácil visualização. Basta informar o valor do imóvel desejado, o valor disponível para dar a entrada, a quantidade de parcelas e os juros anuais.

Conheça agora mesmo a Calculadora de Financiamento da JVF e simule o valor necessário para o financiamento do seu imóvel.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta