JVF Empreendimentos Imobiliários

Blog

Saiba como Simular o Financiamento de um Imóvel

simular financiamento jvf
Compartilhe
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O simulador de financiamento permite que você simule diversos custos referentes ao financiamento de um imóvel, onde é necessário que você indique os valores necessários para que você possa ter a simulação realizada, além de obter informações valiosas sobre os custos, com os juros e o total que será pago. Continue a leitura para entender mais sobre o funcionamento do financiamento, conferir dicas de como realizar o seu sonho da casa própria e ainda simular o financiamento do seu imóvel.

Entendendo o funcionamento do Financiamento de Imóveis

É importante esclarecer, em primeiro lugar, que o valor que será financiado, normalmente, não é o valor do imóvel, pois a financeira estimula o limite total que foi financiado. Um exemplo são imóveis novos residenciais, onde a CEF – Caixa Econômica Federal tem um limite máximo de 80% para o financiamento e o restante dos 20% deve ser pago por outros meios.

Em outras situações para a aquisição de imóveis, o comprador inicia o pagamento do imóvel diretamente à construtora, até que a entrega das chaves seja realizada. Onde a partir desse momento, é realizado o financiamento com o banco, ou seja, o financiamento é realizado em cima do saldo devedor. Podemos entender como saldo devedor, para este caso, o valor do imóvel total menos a entrada, que foi o valor que já pago diretamente à construtora.

Renda mínima para financiamento de imóvel

Para imóveis que forem financiados pela CAIXA ou outra instituição bancária é necessário a comprovação de renda familiar, para que ocorra a aprovação do financiamento, onde a renda familiar é composta pela soma das rendas daqueles que desejam financiar um imóvel. Quanto maior for a renda mínima, maior será o valor do imóvel que o financiamento irá liberar.

Existem algumas regras de mercados que são aplicados na conta da renda mínima para que o financiamento do imóvel seja aprovado:

  • 30% de desconto: O valor das parcelas do financiamento não podem ultrapassar 30% do seu salário líquido, principalmente para financiamento de mais de 20 anos, pois podem gerar limitações no máximo que você poderá realizar o pagamento.
  • Composição da renda: para o financiamento em imóveis de valores mais altos, a composição de renda é a melhor forma, onde você precisa juntar toda a renda da família para conseguir aumentar o valor das parcelas.
  • Relacionamento com o banco: mediante ao tipo de relacionamento que você mantém com o seu banco, suas taxas de juros poderão ser menores ou ainda parcelas menores. Ter um relacionamento com o banco significa ter uma conta corrente, receber pela sua conta, utilizar produtos e serviços que são oferecidos pelo banco.

Taxa de juros

O valor dos juros é o valor que o banco cobrará para que possa ser realizado o empréstimo do valor para que seja realizado a compra do imóvel. Quanto menor for a taxa de juros aplicada, menor será o empréstimo. Os juros são pagos em cima de cada parcela, tendo como base o saldo devedor até o momento. Logo, conforme as parcelas são quitadas, os juros são reduzidos.

Conheça agora mesmo a Calculadora de Financiamento da JVF e simule o valor necessário para o financiamento do seu imóvel.

Seguros

Para que você consiga realizar o financiamento do imóvel, será necessário contratar um seguro ao longo do seu financiamento, onde você pode optar pela seguradora, porém o banco só irá realizar a efetivação do financiamento se houver a contratação de um seguro.

Os seguros mais utilizados são: Seguro por Morte ou por Invalidez (MIP) que visa garantir que o pagamento será realizado mesmo em caso de falecimento, os valores são pagos mensalmente, como uma parcela do seu financiamento e o cálculo é realizado de acordo com a idade do financiado e também do saldo devedor. Já o Seguro contra Danos Físicos do Imóvel (DFI) visa a indenização em casos de sinistro no imóvel, como: destelhamento, explosão, alagamento entre outros, o cálculo é realizado em cima do valor total do imóvel.

Dicas para financiamento do Imóvel

Aqui no blog da JVF, já trouxemos um artigo com 9 dicas para conseguir um financiamento, que você pode ler aqui. Separamos neste post, algumas que você não pode deixar de lado.

Lembre-se que a parcela do seu financiamento não inclui apenas o imóvel que foi financiado, existem outras despesas, como:

  • Seguro: Para que você consiga realizar o financiamento do imóvel, será necessário contratar um seguro ao longo do seu financiamento, onde você pode optar pela seguradora, porém o banco só irá realizar a efetivação do financiamento se houver a contratação de um seguro. Procure todas as instituições financeiras para verificar qual oferece a melhor condição.
  • Separe toda a documentação necessária: Não deixe para última hora para separar os documentos solicitados para dar entrada no financiamento, deixe tudo separadinho em pasta de sua preferência com as cópias e as originais, para não correr o risco de esquecer nada.
  • Simulador de financiamento da JVF: No Simulador de financiamentos JVF, a taxa de juros que é informada é a taxa anual nominal, que para ser preenchida, basta realizar a multiplicação da taxa de juros mensal que foi informada por 12 meses. Essa é a taxa mais comum utilizada pelas instituições financeiras e também pelo simulador da Caixa Econômica. Porém, cabe ressaltar que a taxa de juros nominal não refere-se à taxa de juros real que será paga ao banco. Para que você encontre o valor total das despesas, o campo é o Custo Efetivo Total. 

Se você está com dúvidas sobre como realizar o cálculo do seu financiamento, o simulador de financiamentos JVF pode te ajudar. Onde você precisa fornecer alguns valores para que você consiga ter maior exatidão nos dados, confira a seguir:

No sistema de financiamento do Simulador da JVF, você precisa indicar se deseja entrar pelo sistema SAC, onde as suas parcelas serão reduzidas ao longo dos pagamentos já realizados ou pela Tabela Price, onde os valores das parcelas são fixos, permitindo um maior controle.

Após a escolha, você deve informar qual o valor total do imóvel desejado, qual o valor pretendido para a entrada, a quantidade de parcelas e quais serão os juros que serão cobrados pelo banco. Você ainda pode indicar se deseja visualizar o cálculo detalhado. Ainda será necessário indicar o valor do seguro (MIP) e (DFI), qual o valor que será pago referente à taxa administrativa mensal, para que o cálculo possa ser realizado.

Conheça agora mesmo a Calculadora de Financiamento da JVF e simule o valor necessário para o financiamento do seu imóvel.

Saiba como Simular o Financiamento de um Imóvel

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta