JVF Empreendimentos Imobiliários

Blog

Investimento imobiliário: como funciona, quais os riscos e as vantagens

Compartilhe
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nem só de pessoas em busca da casa própria vive o mercado de imóveis. Isso porque, investimento imobiliário está sempre em alta por causa da segurança e boa margem de valorização que este tipo de bem oferece.

Investir em imóveis é um dos tipos de aplicações preferidas para quem quer construir um patrimônio sólido por juntar segurança, potencial de valorização, alta demanda e a possibilidade de diversificação da carta de investimento.

A forma mais tradicional de investimento é, certamente, a partir da compra direta de um imóvel, seja para usar como renda passiva dispondo para o aluguel ou para construir e vender no futuro por um preço bem mais alto.

Os investimentos indiretos no mercado imobiliário

Investimento imobiliário: como funciona, quais os riscos e as vantagens

Há ainda a possibilidade de investir de forma indireta a partir de ativos e títulos de empreendimentos imobiliários.

A grande vantagem desse tipo de investimento é que o investidor não precisa de um alto capital para começar a investir, como é no caso da compra de imóveis.

Confira a seguir alguns tipos de investimentos indiretos em imóveis:

1. Fundos Imobiliários

Trata-se de grupos de investidores que aplicam recursos em empreendimentos imobiliários, como shoppings, prédios comerciais, hotel, prédios residenciais e etc.

Cada investidor detém um número de cotar no fundo, que é proporcional ao dinheiro que investiu. Os rendimentos são de acordo com essas cotas e, em alguns tipos de investimento, é possível fazer a negociação de cotas na bolsa de valores.

2. Títulos de Crédito Imobiliário

São títulos da renda fixa lançados por instituições financeiras onde quem investe no título “empresta” dinheiro ao bando para que ele possa financiar a aquisição e construção de imóveis de terceiro.

Assim, parte dos juros que o banco ganha com o financiamento é repassados aos investidores.

Os três principais Títulos de Crédito Imobiliário são: Letras de Crédito Imobiliário (LCI), Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras Hipotecárias.

3. Crowdfunding Imobiliário

O conceito de crowdfunding que está ligado ao financiamento coletivo de projetos pela interne a partir de plataformas colaborativas se expandiu e também passou a ser um investimento no setor imobiliário.

Com isso, o investimento em imóveis é acessível a qualquer pessoa, sendo possível adquirir títulos com valores muito baixos de forma segura e online.

A rentabilidade é igual a que é conseguida pelos grandes investidores do setor. Além de não possuir intermediários e ter um risco associado menos.

A tendência é que esse tipo de investimento se popularize ainda mais nos próximos anos.

As vantagens do Investimento imobiliário

Independentemente da forma que você escolher para investir em imóveis, os benefícios são muitas.

Investimento imobiliário: como funciona, quais os riscos e as vantagens

Confira 5 vantagens em investir em imóveis:

1. A valorização

Os imóveis possuem potencial de valorização. Assim, você pode comprar um imóvel com valor abaixo do mercado em uma região em que há a tendência de valorização e agregar valor a ele, com a construção e reforma.

Para não correr risco enquanto a valorização atente para pontos como a infraestrutura, acessibilidade, localização e redes de bens e serviços ao redor do imóvel.

2. Segurança de investimento

Investir em imóveis protege seu dinheiro da alta inflação. Isso porque, os imóveis são bem tangíveis e que possuem valor agregado.

Assim, em caso de uma crise econômica, se você tem um imóvel em seu nome ainda continuará com ele. O mesmo pode não ocorrer com a aplicação de capital na poupança, por exemplo.

Sabendo disso, o investimento imobiliário é o que historicamente possui maior estabilidade.

3. Baixa volatilidade

Os investimentos imobiliários não oscilam tanto quanto os outros investimentos financeiros.

Apesar de poder sofrer flutuação de preço em longo prazo, a depender do cenário econômico, esta variação é inferior a de outras formas de investimento.

4. Sempre vai existir demanda

Por conta do déficit habitacional brasileiro, ou seja, por não haver moradia para todas as pessoas, sempre vai haver demanda para a compra e aluguel de imóveis.

Desse modo, este é um mercado sempre aquecido, já que a moradia é uma necessidade básica que se mantém mesmo em tempos de crise.

5. Possibilidade de renda passiva

Já imaginou ter todo mês uma quantia na sua conta sem precisar fazer nada? Isso é possível com o aluguel de imóveis.

No caso de você não querer ter trabalho em lidar diretamente com o locatário, pode deixar tudo nas mãos de uma imobiliária de confiança por uma pequena porcentagem do valor do aluguel.
Seja em imóveis residenciais ou comerciais, investir em imóveis para alugar se configura em uma opção muito lucrativa de investimento.

Os riscos do investimento imobiliário

Investimento imobiliário: como funciona, quais os riscos e as vantagensPor mais que o risco seja pequeno, ainda está presente no investimento em imóveis.

A baixa liquidez é um desses riscos, pois os imóveis podem não ser fáceis de comercializar.

Por exemplo: Se você precisa de dinheiro com urgência, pode não conseguir vender o imóvel e ter que acabar aceitando receber um valor inferior ao do mercado.

Agora que você já sabe sobre como funciona, as vantagens e riscos do investimento em imóveis, conheça os apartamentos da JVF empreendimentos, que também são ótimas opções de lucratividade para investidores em imóveis.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta