JVF Empreendimentos Imobiliários

Blog

5 Dicas incríveis de como financiar um imóvel

Compartilhe
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O sonho da casa própria vem aliado com muitas dúvidas e a mais frequente dela é como financiar um imóvel.

O financiamento é uma opção perfeita para aqueles que não possuem condições de comprar um imóvel à vista. Afinal, não é todo mundo que dispõe de um capital, que é relativamente alto, para investir em um imóvel de uma única vez.

Se você se enquadra no perfil de brasileiros que só podem comprar um imóvel através de financiamento, continue lendo. O financiamento é uma ferramenta perfeita para quem quer transformar o sonho da casa própria em realidade. Mas é preciso ficar atento. A falta de planejamento ao contratar um financiamento pode acarretar em dívidas e em prejuízos financeiros consideráveis.

Mas calma! Estamos aqui para te ajudar. Nesse post iremos abordar alguns pontos que são essenciais na hora de contratar um financiamento. Falaremos sobre tipos de financiamento, documentação necessária e os critérios que você deve seguir para escolher o melhor financiamento para você. Garanto que após ler este artigo você saberá exatamente como financiar um imóvel.

Tome cuidado na hora de financiar um imóvel!

Na dúvida de como financiar um imóvel não deixe de pesquisar e tirar todas as dúvidas. Se planeje, analisando seu orçamento familiar e comparando com os valores das parcelas. Uma parcela que vai comprometer um valor significativo na sua renda pode não ser uma boa opção, pois novas contas vão aparecer e trazer problemas para os próximos pagamentos.

Quando uma pessoa não consegue mais pagar e o imóvel chega a ir a leilão, ela sofre prejuízos financeiros muito grandes. Entretanto, esse tipo de problema pode ser evitado com um cuidado a mais antes de financiar.

De acordo com o valor do imóvel e sua renda você será inserido em uma categoria, verifique as taxas de financiamentos cobradas por essa categoria e analise o valor final que vai pagar pelo imóvel. É preciso observar o resultado dessa conta, pois dependendo do valor é mais viável morar de aluguel por mais tempo e guardar mais dinheiro para dar uma entrada maior ou até o suficiente para comprar à vista.

Existem diferentes maneiras de financiar um imóvel, como por exemplo, adquirir um que já está com o financiamento em curso. Verifique as possibilidades existentes no seu caso, ou faça uma análise sobre a possibilidade de utilizar o FGTS, mesmo que o prazo seja inferior a 3 anos de trabalho.

Considerações a se fazer quando optar por financiar um imóvel

Depois de descobrir o valor final do financiamento você deve ter percebido que é um valor alto e se perguntou como financiar um imóvel com o valor mais baixo? A opção que você tem para diminuir é esse valor é aumentando a quantia que vai dar de entrada. É importante priorizar esse valor de entrada para tentar pagar o mais alto possível. Faça um esforço, economize e use a maior quantia que conseguir.

Seguindo esses passos, chega a hora de analisar a melhor forma de financiamento adequada para você. Observe em quais as suas condições se encaixam, pois, essas formas variam de uma para a outra. Não deixe de prestar atenção nos juros de cada uma e os requisitos para participar, para não ter dúvidas analise todas. Uma opção facilitadora são as construtoras que possuem financiamento próprio, não descarte essa possibilidade.

É comum pensar que quanto mais tempo de pagamento melhor, mas não se engane, nem sempre um período maior é vantajoso. Um aumento no valor das prestações que caiba no seu bolso e reduza o tempo de pagamento pode facilitar sua vida e evitar futuros problemas. O ideal é sair da dívida cada vez mais rápido.

5 Dicas incríveis de como financiar um imóvel

Pense num financiamento que tenha o seu perfil

Para que o financiamento se torne menos desgastante é preciso que você avalie a melhor forma de ser feito. Não é uma tarefa fácil e que pode gastar muito do seu tempo, mas é preciso procurar como financiar um imóvel de acordo com seu perfil e assim ter menos problemas, conseguindo mais rápido a liberação do crédito.

Assim que optar por o seu tipo adequado de financiamento, converse com um responsável por ele, peça dicas e tire todas as dúvidas que tiver. Não deixe de confirmar se aquele estilo de financiamento é realmente o melhor para você, pois caso não seja ele pode te ajudar a descobrir e assim economiza seu tempo.

Depois de seguir esses passos, se organize e junte todos documentos necessários para dar continuidade no financiamento do imóvel. É preciso ter certeza que você está com todos os documentos necessários, pois a falta de algum documento atrasa todo processo, fazendo com que seu pedido seja encaminhado de volta pedindo a providência dos documentos faltantes.

Formas de financiar um imóvel

Antes de começar a jornada de escolha do financiamento perfeito, você primeiro precisa saber os tipos de financiamentos possíveis, certo? Porque conhecendo as melhores opções, você poupará dores de cabeça.

Atualmente, no Brasil, existem 3 tipos de financiamentos imobiliários e cada um segue limites de crédito e regras diferentes: Sistema Financeiro de Habitação, Sistema financeiro imobiliário e o Programa Minha Casa Minha Vida.

Sistema Financeiro da Habitação

O Sistema Financeiro da Habitação utiliza recursos das contas de poupança, ou repassados pelo FGTS, no financiamento da aquisição e construção de imóveis residenciais. O SFH tem um teto de máximo de valores financiáveis de acordo com a cidade que você deseja comprar o imóvel. Por exemplo, nas cidades dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal e Rio de Janeiro, você pode comprar um imóvel com o valor máximo de R$750 mil. Nas demais cidades você pode adquirir imóveis como o valor de até R$650 mil.

Sistema Financeiro da Imobiliário

O SFI foi criado para financiar imóveis com valores além dos limites do SFH. Você deverá escolher este tipo de financiamento se você der uma entrada de pelo menos 60% do valor total do imóvel. Neste caso, não há um limite de valor estabelecido e você pode quitar o empréstimo em até 35 anos. Mas é bom tomar cuidado. No SFI a garantia utilizada é a alienação fundiária, isso quer dizer que o banco pode tomar o imóvel mais rapidamente em caso de atraso (3 meses).

Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha vida já é bem conhecido entre os brasileiros. O Programa Minha Casa Minha vida foi criado pelo governo federal e tem o objetivo de tornar mais acessível a realização do sonho da casa própria por parte dos cidadãos com renda familiar inferior a R$5 mil. Se sua família se enquadra nessa faixa de renda, tenho boas notícias: você pode participar do Programa Minha Casa Minha Vida. Nessa modalidade de financiamento é possível pagar prestações que subsidiadas, o que as torna mais baixas do que seriam em outras modalidades de financiamento.

Conseguiu entender as dicas de como financiar um imóvel, mas ainda tem outras dúvidas que precisa esclarecer? Não se preocupe, temos um eBook gratuito que vai facilitar sua vida.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta